LIGUE-NOS JÁ
707 28 28 28
Home / Consultas e Especialidades / Neurofisiologia
A A+ Texto Imprimir
Press Esc to close
Email

Neurofisiologia

 

 

Estudos Neurofisiológicos

 

A Neurofisiologia é uma especialidade médica que estuda o funcionamento do Sistema Nervoso através do registo e avaliação da atividade bioelétrica gerada pelo cérebro, espinal medula, nervos e músculos.

Os exames desta especialidade requerem equipamentos sofisticados e uma equipa médica e técnica qualificada, e é com este grau de excelência que o Grupo HPA Saúde disponibiliza a oportunidade e acesso único e diferenciado a uma área com grande potencial diagnóstico e terapêutico.

 

 

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA

O Departamento de Estudos Neurofisiológicos está preparado para a realização de diferentes exames, dos quais fazem parte:

  • Eletroencefalografia (EEG)
  • Potenciais Evocados (Somatossensitivos, Auditivos e Visuais)
  • Eletromiografia (EMG) e Estudos de Condução Nervosa (ECN ou electroneurografia)
  • Estudos do sono (Polissonografia simples e completa, Teste de Latências Múltiplas do Sono)

 

 

Eletroencefalografia (EEG)

 

O que é?

O eletroencefalograma é um exame não invasivo que permite avaliar a função cerebral. Consiste na colocação de elétrodos sobre o escalpe que registam a atividade elétrica gerada pelo cérebro. O traçado encefalográfico registado é avaliado durante o repouso, provas de ativação (Hiperpneia e Estimulação Luminosa) e em alguns casos durante o sono (EEG com prova de sono). 

 

Para que serve?

É essencial no estudo de patologias neurológicas como a epilepsia, doenças neuro-degenerativas e avaliação de síndromes neurológicos agudos (possibilidade de realização no internamento e unidade de cuidados intensivos), mas também são frequentemente utilizados no estudo de doenças do foro psiquiátrico, tais como a depressão e ansiedade. Para a realização e análise deste exame o HPA dispõe de técnicas modernas e médicos especialistas tanto em doenças neurológicas como psiquiátricas.

 

É necessário preparação?

Para a preparação é importante lavar bem a cabeça no dia anterior e não utilizar produtos como gel, laca ou amaciadores. Durante o exame estará deitado durante algum tempo, por isso recomendamos que traga uma roupa confortável. Não é preciso estar em jejum, pode fazer as suas refeições normalmente, no entanto deverá evitar ingerir bebidas que contenham cafeína. Deve continuar a fazer a medicação prescrita pelo seu médico, a não ser que seja instruído do contrário. Deve trazer consigo o nome dos medicamentos que está a fazer e, se possível, os resultados de exames anteriores relativos à patologia em estudo.

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Este exame não apresenta nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

Potenciais evocados visuais, auditivos e somatossensitivos

 

O que são?

Os potenciais evocados são exames não invasivos que avaliam a condução nervosa de um sentido (habitualmente a visão, audição ou tato) desde o órgão recetor até ao cérebro.

 

Para que servem?

Estes exames são frequentemente aplicados no diagnóstico da Esclerose Múltipla. São sensíveis a doenças que por vezes são clinicamente “silenciosas” como o Neurinoma do Acústico. Podem ainda ser utilizados em monitorizações intraoperatórias para auxiliar o neurocirurgião na prevenção de possíveis lesões neurológicas durante a cirurgia.

 

É necessário alguma preparação?

Uma vez que estes exames também requerem a colocação de elétrodos no escalpe, a preparação é muito semelhante à do eletroencefalograma (ver supra).

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Estes exames não apresentam nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

Eletromiografia e Estudos de Condução Nervosa (EMG e ECN):

 

O que são?

Estes testes são essenciais no estudo de doenças que afetam os músculos, nervos periféricos e raízes nervosas (na espinal medula). O exame habitualmente tem duas partes: os estudos de condução nervosa (ou neurografia), que consistem na estimulação de nervos periféricos e no registo da respetiva resposta e a eletromiografia, que consiste no registo da atividade elétrica produzida pelos músculos esqueléticos.

 

Para que servem?

Estes exames permitem estudar doenças que afetam os nervos como a síndrome do Túnel Cárpico e a Esclerose Múltipla, sendo igualmente essenciais no estudo de compressões nervosas da coluna que podem resultar em dor e falta de força nos membros e ainda no estudo de outras lesões e patologias neuromusculares. No HPA estes exames não se limitam a testes laboratoriais, mas são na verdade uma extensão de uma consulta neurológica e neurofisiológica.

 

É necessário preparação?

Não é necessário preparação, no entanto é recomendado usar uma roupa mais larga ou que seja fácil de remover. Evite utilizar produtos químicos para a pele no dia do exame.

 

Existe algum tipo de risco ou efeito adverso?

Alguns doentes referem sentir um ligeiro desconforto durante os Estudos de Condução Nervosa e a Eletromiografia.

 

 

Estudos do sono

 

O que são?

Os estudos do sono são testes que permitem registar diversos parâmetros do seu corpo enquanto dorme com o objetivo de identificar perturbações do sono. Estes exames incluem a Polissonografia, que pode ser simples (apenas estudo cardiorrespiratório) ou completa (inclui avaliação da função cerebral, movimentos anormais durante o sono, entre outros), e o Teste de Latências Múltiplas do Sono.

 

Para que servem?

Os estudos do sono ajudam o seu médico a identificar perturbações do sono, que se não forem tratadas podem provocar graves consequências para a saúde.

A Apneia do Sono é uma das mais frequentes perturbações do sono. Por norma, uma Polissonografia simples (ou Registo Poligráfico Cardiorrespiratório) é suficientemente sensível para identificar casos mais graves de Apneia do Sono.

No entanto, em muitos casos são necessários métodos mais avançados que permitam um estudo mais aprofundado da Apneia do Sono e que permitam avaliar outras perturbações do sono tais como as insónias, movimentos periódicos das pernas durante o sono, síndrome das pernas inquietas, narcolepsia, crises epiléticas durante o sono, entre outros. O laboratório de Neurofisiologia do Hospital de Alvor é o único na região do Algarve que realiza a Polissonografia Completa (com canais de EEG e EMG) e o Teste de Latências Múltiplas do Sono, permitindo uma abordagem muito mais objetiva e diferenciada das perturbações do sono.

 

É necessário alguma preparação?

Para os Estudos do Sono (Registo Poligráfico Simples e Polissonografia Noturna Completa) as instruções dependem do exame a realizar. Por favor contacte a nossa Linha de Apoio ao Cliente: 707 28 28 28

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Estes exames não apresentam nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

Estudos Neurofisiológicos

 

A Neurofisiologia é uma especialidade médica que estuda o funcionamento do Sistema Nervoso através do registo e avaliação da atividade bioelétrica gerada pelo cérebro, espinal medula, nervos e músculos.

Os exames desta especialidade requerem equipamentos sofisticados e uma equipa médica e técnica qualificada, e é com este grau de excelência que o Grupo HPA Saúde disponibiliza a oportunidade e acesso único e diferenciado a uma área com grande potencial diagnóstico e terapêutico.

 

 

EXAMES DE NEUROFISIOLOGIA

O Departamento de Estudos Neurofisiológicos está preparado para a realização de diferentes exames, dos quais fazem parte:

  • Eletroencefalografia (EEG)
  • Potenciais Evocados (Somatossensitivos, Auditivos e Visuais)
  • Eletromiografia (EMG) e Estudos de Condução Nervosa (ECN ou electroneurografia)
  • Estudos do sono (Polissonografia simples e completa, Teste de Latências Múltiplas do Sono)

 

 

Eletroencefalografia (EEG)

 

O que é?

O eletroencefalograma é um exame não invasivo que permite avaliar a função cerebral. Consiste na colocação de elétrodos sobre o escalpe que registam a atividade elétrica gerada pelo cérebro. O traçado encefalográfico registado é avaliado durante o repouso, provas de ativação (Hiperpneia e Estimulação Luminosa) e em alguns casos durante o sono (EEG com prova de sono). 

 

Para que serve?

É essencial no estudo de patologias neurológicas como a epilepsia, doenças neuro-degenerativas e avaliação de síndromes neurológicos agudos (possibilidade de realização no internamento e unidade de cuidados intensivos), mas também são frequentemente utilizados no estudo de doenças do foro psiquiátrico, tais como a depressão e ansiedade. Para a realização e análise deste exame o HPA dispõe de técnicas modernas e médicos especialistas tanto em doenças neurológicas como psiquiátricas.

 

É necessário preparação?

Para a preparação é importante lavar bem a cabeça no dia anterior e não utilizar produtos como gel, laca ou amaciadores. Durante o exame estará deitado durante algum tempo, por isso recomendamos que traga uma roupa confortável. Não é preciso estar em jejum, pode fazer as suas refeições normalmente, no entanto deverá evitar ingerir bebidas que contenham cafeína. Deve continuar a fazer a medicação prescrita pelo seu médico, a não ser que seja instruído do contrário. Deve trazer consigo o nome dos medicamentos que está a fazer e, se possível, os resultados de exames anteriores relativos à patologia em estudo.

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Este exame não apresenta nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

Potenciais evocados visuais, auditivos e somatossensitivos

 

O que são?

Os potenciais evocados são exames não invasivos que avaliam a condução nervosa de um sentido (habitualmente a visão, audição ou tato) desde o órgão recetor até ao cérebro.

 

Para que servem?

Estes exames são frequentemente aplicados no diagnóstico da Esclerose Múltipla. São sensíveis a doenças que por vezes são clinicamente “silenciosas” como o Neurinoma do Acústico. Podem ainda ser utilizados em monitorizações intraoperatórias para auxiliar o neurocirurgião na prevenção de possíveis lesões neurológicas durante a cirurgia.

 

É necessário alguma preparação?

Uma vez que estes exames também requerem a colocação de elétrodos no escalpe, a preparação é muito semelhante à do eletroencefalograma (ver supra).

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Estes exames não apresentam nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

Eletromiografia e Estudos de Condução Nervosa (EMG e ECN):

 

O que são?

Estes testes são essenciais no estudo de doenças que afetam os músculos, nervos periféricos e raízes nervosas (na espinal medula). O exame habitualmente tem duas partes: os estudos de condução nervosa (ou neurografia), que consistem na estimulação de nervos periféricos e no registo da respetiva resposta e a eletromiografia, que consiste no registo da atividade elétrica produzida pelos músculos esqueléticos.

 

Para que servem?

Estes exames permitem estudar doenças que afetam os nervos como a síndrome do Túnel Cárpico e a Esclerose Múltipla, sendo igualmente essenciais no estudo de compressões nervosas da coluna que podem resultar em dor e falta de força nos membros e ainda no estudo de outras lesões e patologias neuromusculares. No HPA estes exames não se limitam a testes laboratoriais, mas são na verdade uma extensão de uma consulta neurológica e neurofisiológica.

 

É necessário preparação?

Não é necessário preparação, no entanto é recomendado usar uma roupa mais larga ou que seja fácil de remover. Evite utilizar produtos químicos para a pele no dia do exame.

 

Existe algum tipo de risco ou efeito adverso?

Alguns doentes referem sentir um ligeiro desconforto durante os Estudos de Condução Nervosa e a Eletromiografia.

 

 

Estudos do sono

 

O que são?

Os estudos do sono são testes que permitem registar diversos parâmetros do seu corpo enquanto dorme com o objetivo de identificar perturbações do sono. Estes exames incluem a Polissonografia, que pode ser simples (apenas estudo cardiorrespiratório) ou completa (inclui avaliação da função cerebral, movimentos anormais durante o sono, entre outros), e o Teste de Latências Múltiplas do Sono.

 

Para que servem?

Os estudos do sono ajudam o seu médico a identificar perturbações do sono, que se não forem tratadas podem provocar graves consequências para a saúde.

A Apneia do Sono é uma das mais frequentes perturbações do sono. Por norma, uma Polissonografia simples (ou Registo Poligráfico Cardiorrespiratório) é suficientemente sensível para identificar casos mais graves de Apneia do Sono.

No entanto, em muitos casos são necessários métodos mais avançados que permitam um estudo mais aprofundado da Apneia do Sono e que permitam avaliar outras perturbações do sono tais como as insónias, movimentos periódicos das pernas durante o sono, síndrome das pernas inquietas, narcolepsia, crises epiléticas durante o sono, entre outros. O laboratório de Neurofisiologia do Hospital de Alvor é o único na região do Algarve que realiza a Polissonografia Completa (com canais de EEG e EMG) e o Teste de Latências Múltiplas do Sono, permitindo uma abordagem muito mais objetiva e diferenciada das perturbações do sono.

 

É necessário alguma preparação?

Para os Estudos do Sono (Registo Poligráfico Simples e Polissonografia Noturna Completa) as instruções dependem do exame a realizar. Por favor contacte a nossa Linha de Apoio ao Cliente: 707 28 28 28

 

Existe algum risco ou efeito adverso?

Estes exames não apresentam nenhum tipo de risco, dor ou contra indicação.

 

 

ESPECIALIDADE DISPONÍVEL NAS UNIDADES

MÉDICOS

Hospital Particular do Algarve - Gambelas
Dr. Leandro Valdemar
Hospital Particular do Algarve - Alvor
Dr. Leandro Valdemar
grupo hpa
Sobre o Grupo HPA Saúde

O Grupo HPA Saúde nasceu em 1996, com a inauguração do primeiro Hospital Privado em Alvor.

Atualmente, o grupo presta assistência médica de qualidade em toda a região algarvia.

Porque a sua Saúde é de Particular Importância!

Siga-nos Subscreva a nossa Newsletter
Procure no site