tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h33m

Atendimento Permanente

Madeira Medical Center

00h03m

Atendimento Permanente

Medicinas Complementares

Medicinas Complementares | Grupo HPA Saúde


Medicina Chinesa

A mais reconhecida terapia da Medicina Chinesa estimula os pontos dos meridianos, para equilibrar a circulação energética e sanguínea.

Utiliza terapias como a Acupuntura, a Fitoterapia, a massagem Tui Ná para o tratamento de diversas doenças e distúrbios.

Sem provocar efeitos adversos, e sem utilizar químicos, a Medicina Chinesa promove o bem-estar mental e físico.

A Medicina Chinesa é utilizada no tratamento das mais diversas doenças e distúrbios:
  • Doenças reumáticas: artrite reumatóide, gota, astroses, fibromialgias, osteoartrite;
  • Doenças autoimunes: Esclerose múltipla, Diabetes Mellitus, espondilite anquilosante, Lúpus;
  • Dores em Geral: lombalgias, cefaleias, musculares, ósseas, articulares, menstruais;
  • Distúrbios Psicologicos, stress, ansiedade, insónia, problemas emocionais, fobias;
  • Obesidade, tabagismo e outras dependências químicas. 

Acupuntura

A Acupuntura é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1979, após estudos científicos comprovarem a sua eficácia no tratamento de diversas patologias e distúrbios, entre as quais: artrite reumatoíde, depressão, lombalgia, enxaqueca, ciática, hipertensão arterial, rinite alérgica.
A Acupuntura não é dolorosa, uma vez que são utilizadas agulhas muito finas e o paciente apenas sente uma breve picada inicial, geralmente indolor. 
As agulhas são colocadas em função da patologia a tratar e do ponto e meridiano que é necessário estimular. 

Este tratamento normalmente tem uma duração de 20 a 30 minutos.

No final do tratamento pode sentir uma sensação de relaxamento físico e mental. 


Massagem Tui

Tui Ná é uma massagem terapêutica que promove a regularização do fluxo energético e sanguíneo.

Beneficia a mobilidade osteoarticular, alivia dores musculares e induz a libertação de toxinas.

É uma massagem muito agradável que proporciona relaxamento físico e mental, indicada para distúrbios e doenças, tais como:
  • Stress, ansiedade, depressão, insónias;
  • Dores músculo-esqueléticas;
  • Problemas circulatórios, celulite.

Fitoterapia

É provavelmente a mais antiga forma de medicina, que utiliza extratos de plantas medicinais, administrados em forma de cápsula, gotas e pomadas.

As fórmulas utilizadas potenciam o poder terapêutico das plantas. Para tal cada planta tem uma função específica, de modo a obter um equilíbrio, que só a natureza poderia proporcionar.


Auriculoterapia

É uma terapia reconhecida recentemente pela O.M.S. (Organização Mundial de Saúde), e com provas científicas.

Consiste numa estimulação de certos pontos no pavilhão da orelha, pelo uso de pequenas agulhas. 

Foram descobertos 196 pontos. A única semelhança com a acupunctura é o uso de agulhas, porque o raciocínio não é energético mas sim neuro-anatómico. 

Sabe-se que 70% das fibras nervosas do corpo transitam pelo pavilhão da orelha para seguirem para o cérebro. É como se a orelha fosse um teclado a partir do qual podemos enviar ordens ao cérebro (o nosso computador) através do sistema nervoso. Todas as funções do corpo estão dependentes do sistema nervoso, por isso temos acesso a todo o corpo e a todas as funções do corpo e do cérebro.

As indicações têm por limite o nosso conhecimento e raciocínio. É uma terapia potente que permite chegar onde as outras terapias não têm acesso. 

É também uma terapia moderna e totalmente adaptada às nossas necessidades, com resultados muito rápidos em poucas sessões.

Indicações:
  • Todo o tipo de dor: artroses, ciática, enxaqueca, nevralgia, pós-operatório, pós-radioterapia, dor de coluna, canal cárpico, tendinite;
  • A nível emocional: angústias, stress, depressão, insónia, crianças hiperativas e com défice de atenção;
  • Distúrbios do foro cardiológico: hipertensão, insuficiência cardíaca, varizes;
  • Distúrbios do foro respiratório: asma, alergias, tosse, infeções, (rinite, sinusite, otite);
  • Distúrbios do foro uro-ginecológico: irregularidade menstrual, incontinência, menopausa, dor pélvica;
  • Distúrbios do foro gastrenterológico: diarreia, obstipação, gastrite, hemorróidas;
  • Distúrbios do foro dermatológico: acne, cicatrizes, eczema, herpes;
  • Distúrbios do foro endocrinológico: tiróide, diabetes, obesidade;
  • Distúrbios do foro neurológico: epilepsia, pernas agitadas, paralisia facial, AVC, Parkinson, transpiração excessiva;
  • Oftalmologia: miopia, hipermetropia, glaucoma, estrabismo na infância, secura ocular, vista cansada;
  • Diversos: preparação para cirurgias, recuperação pós-operatória, secura bocal, pós-radioterapia.

Quiroprática

A Quiroprática é a maior arte curativa natural do mundo.

É baseada na premissa de que o corpo é um organismo que se cura e regenera por si próprio, e que o sistema nervoso é o principal sistema de controlo do corpo.

Pequenos desvios das vértebras, conhecidos como subluxações vertebrais, podem causar um perigoso stress no sistema nervoso central que actua como a principal linha consciente de informação para todo o corpo.

Estes desvios ou subluxações são a causa de muitos dos indesejáveis problemas de saúde que as pessoas sofrem no dia-a-dia.

Embora muitas vezes a primeira visita do paciente seja motivada pelo tratamento de dores nas costas, dores no pescoço ou dores nos ombros, a principal função do Quiroprática não é o tratamento da doença ou lesão mas sim a melhoria da saúde através da normalização e equilíbrio do fluxo de energia do sistema nervoso.

 

especialidade disponível nas unidades

médicos