tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h06m

Atendimento Permanente

Hospital Particular Gambelas

00h03m

Atendimento Permanente

00h12m

Notícias

Acabar com o cancro colorretal antes que ele comece

 

Dra. Ana Rita Herculano Gastrenterologista

O cancro colorretal (ou cancro do cólon e reto ou cancro do intestino) é um tipo de cancro com uma grande prevalência e que pode ser fatal. Em Portugal, é o segundo mais frequente nas mulheres depois do cancro da mama e o segundo mais frequente nos homens depois do cancro da próstata, ocupando o primeiro lugar em termos de mortalidade.

Pode afetar o cólon ou o reto (coletivamente conhecidos como o intestino grosso). Apesar da semelhança biológica entre os tumores do cólon e do reto, a diferente localização anatómica pode ditar diferenças no tipo de tratamento necessário. O seu diagnóstico precoce pode salvar a sua vida e pode até ser prevenido se os pólipos que lhe dão origem forem removidos antes de se tornarem malignos.

A colonoscopia, realizado por um especialista em Gastrenterologia,  assume-se como o exame de eleição de rastreio para este cancro e que, apesar de não ser isenta de complicações, deve ser realizado o mais precocemente possível a partir dos 45 anos de idade ou mesmo antes, de acordo com a sua sintomatologia e fatores de risco. Outrora conhecido por um exame muito complicado e doloroso, é atualmente um exame mais simples, com preparações de limpeza do cólon mais fáceis de cumprir e que é realizado com sedação profunda (por um anestesista). 

Guarde consigo estes conselhos:
Há 3 fatores que aumentam o risco de cancro do cólon:

1. O excesso de peso

2. O consumo excessivo de álcool

3. Fumar

Mas também existem 2 fatores que o reduzem:

4. Atividade física regular

5. Dieta rica o suficiente em fibras

 

Dr.ª Ana Rita Herculano                                           

 

26 de Março de 2021