tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h28m

Atendimento Urgente

Hospital Particular Gambelas

00h00m

Atendimento Urgente

00h24m

Pediatria

Hospital Particular da Madeira

00h14m

Pediatria

00h01m

Atendimento Urgente

Madeira Medical Center

00h00m

Atendimento Urgente

Notícias

14 de novembro - Dia Mundial da Diabetes

Assinala-se hoje o Dia Mundial da Diabetes, com o intuito de consciencializar para a doença e para uma melhor prevenção, diagnóstico e gestão desta patologia.

O tema deste ano centra-se no “acesso à educação sobre a diabetes”, sendo a informação o ponto de partida para minimizar o risco de surgimento da doença.

O que é a diabetes?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define-a como uma doença metabólica crónica que se carateriza por elevados níveis de glucose (açúcar) no sangue, devido a uma deficiência na produção de insulina e/ou da incapacidade do corpo em utilizá-la corretamente, levando ao longo do tempo, a graves danos no coração (doença cardiovascular), vasos sanguíneos (pé diabético), olhos (retinopatia diabética), rins (nefropatia diabética), nervos (neuropatia diabética) e ainda a disfunção sexual.

A maior parte dos casos de diabetes são de diabetes tipo 2, condição causada por fatores ambientais tais como a obesidade ou o estilo de vida sedentário, com a agravante de poder estar associada a predisposição genética. Surge principalmente na idade adulta, normalmente associada ao excesso de peso e ao sedentarismo.

Já a diabetes tipo 1, outrora conhecida como diabetes juvenil ou diabetes insulinodependente, é uma condição crónica na qual as células β pâncreas deixam de produzir insulina devido a um processo de destruição das mesmas, sendo que esta condição só é controlada através de insulinoterapia.

Existe ainda a diabetes gestacional, um subtipo de intolerância aos hidratos de carbono (açúcares) diagnosticada ou detetada pela primeira vez no decurso da gravidez. É um diagnóstico cada vez mais comum, particularmente na última década. A idade materna, peso prévio, estilo de vida e história familiar são os principais fatores de risco.

Quais os sintomas e sinais mais comuns?

Os sintomas frequentemente relacionados com níveis baixos de açúcar no sangue (hipoglicemia) são:

  • Confusão;
  • Náuseas;
  • Tonturas;
  • Visão turva;
  • Aumento do apetite;
  • Suores e tremores.

Por sua vez, os sintomas frequentemente relacionados com níveis elevados de açúcar no sangue (hiperglicemia) são:

  • Cansaço e dor de cabeça;
  • Visão turva;
  • Boca seca e sede constante;
  • Aumento da vontade de urinar e aumento da frequência urinária e do volume da urina.

Como prevenir a doença?

A diabetes tipo 1, atualmente, não pode ser evitada. Quanto à diabetes tipo 2, existem abordagens eficazes para prevenir as complicações e a morte prematura que podem advir de todos os tipos de diabetes. Estas incluem a adoção de hábitos de vida saudáveis, independentemente de ter ou não diabetes, tais como: fazer exercício físico regularmente, alimentar-se de forma saudável, evitar fumar, e controlar a tensão arterial, a glicemia e os lípidos.

 

Consulta de Diabetes                            

14 de Novembro de 2022