tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h09m

Urgent Care

Hospital Particular Gambelas

00h30m

Urgent Care

00h00m

Paediatrics

Hospital Particular da Madeira

00h00m

Urgent Care

00h00m

Paediatrics

Madeira Medical Center

00h00m

Urgent Care

Notícias

Dia Mundial da Tiroide

A tiroide é essencial ao normal funcionamento do organismo, pelo que é crucial estar atento e informado sobre as doenças associadas a esta glândula.

A propósito do tema, a Dra. Nádia Mourinho Bala – especialista em Endocrinologia, no Madeira Medical Center e no Hospital Particular da Madeira – partilha o seu artigo.

 

O “Dia Mundial da Tiroide” comemora-se a 25 de maio e o seu principal objetivo é a consciencialização da população acerca dos fatores de risco, sinais e sintomas das doenças da tiroide.

A tiroide é uma glândula endócrina que se localiza na parte anterior do pescoço. Esta glândula produz hormonas que atuam em múltiplos órgãos e são essenciais ao normal funcionamento do organismo.

Estima-se que um milhão de portugueses apresente doenças da tiroide, sendo mais frequentemente no sexo feminino.

As doenças da tiroide podem classificar-se em dois grandes grupos: alterações da função (produção excessiva ou insuficiente de hormonas) e alterações da estrutura (bócio e nódulos da tiroide).

A produção excessiva de hormonas da tiroide designa-se por hipertiroidismo e pode causar sintomas como palpitações, tremor das mãos, suor excessivo, ansiedade, perda de peso e aumento do trânsito intestinal. No entanto, nos idosos, estes sintomas podem ser mais subtis.

O hipotiroidismo corresponde à produção insuficiente de hormonas e pode manifestar-se por cansaço, obstipação, ligeiro aumento do peso, intolerância ao frio, pele seca, queda de cabelo, irregularidades menstruais e depressão.

É especialmente importante manter níveis normais de hormonas tiroideias durante a gravidez. A deficiência de hormonas tiroideias pode comprometer o neurodesenvolvimento do feto e aumentar o risco de algumas complicações obstétricas. Assim, todas as mulheres com patologia tiroideia devem ser avaliadas na fase de preconceção e ao longo da gestação.

Os nódulos tiroideus são muito frequentes na população geral e são maioritariamente benignos. Contudo, quando apresentam características de suspeição, devem ser submetidos a avaliação por citologia.

Os nódulos tiroideus, habitualmente, não causam sintomas. No entanto, quando são mais volumosos podem apresentar-se como saliência na região cervical, causar dificuldades na deglutição ou sensação de aperto cervical.

Na suspeita de doença da tiroide, o doente deverá procurar avaliação médica. 

Endocrinologia           

 

25 de Maio de 2023