tempos médios de espera

Hospital Particular Gambelas

00h20m

Pediatria

HOSPITAL PARTICULAR DO ALGARVE ORGANIZA FORMAÇÕES INÉDITAS E DIFERENCIADAS

A Formação assume nas organizações uma posição de destaque como agente de mudança e adaptação às novas realidades. Ciente desta dinâmica, o Grupo Hospital Particular do Algarve tem impulsionado a valorização profissional e a realização pessoal dos seus colaboradores através deste veículo, com um alargamento cada vez maior à participação externa de outros profissionais, parceiros e agentes, quer enquanto formandos, quer enquanto parceiros formadores.

 

 

I Curso Teórico-Prático de Pequena Cirurgia

 

No passado sábado dia 23 de Janeiro teve lugar no Hospital Particular de Gambelas o I Curso Básico Teórico-Prático de Pequena Cirurgia, sob a coordenação do Dr. Filipe Guerra e a auditoria externa do Dr. Luís Féria, Coordenador do Departamento de Cirurgia do Ambulatório do Hospital Beatriz Ângelo.

 

Na parte da manhã forma apresentados os conteúdos teóricos relacionados e necessários ao desenvolvimento da componente prática nomeadamente Fisiopatologia da Cicatrização; Farmacodinâmica dos Anestésicos Locais; Antisépsia e Materiais de Pequena Cirurgia.

 

Da parte da tarde os formandos – médicos e alunos de medicina – foram distribuídos por 5 bancas práticas, com um rácio de 3 formandos por 1 tutor/formador, para que o processo de ensino/aprendizagem fosse eficaz e corretamente monitorizado. Foi então possível aprender e praticar as seguintes técnicas: Nós com Pinças e Manuais; Práticas de Sutura em Espuma e em Tecido Animal e Tratamentos Específicos como Drenagem de Abcessos ou Extração de Corpos Estranhos.

 

Nunca se tinha realizado no Algarve nenhum curso com esta apresentação, o próprio patrocinador dos materiais, a empresa alemã B-Braun, com larga experiência neste tipo de ações, testemunhou que em termos nacionais nunca tinha até agora, organizado uma formação deste tipo. Habitualmente estes cursos só disponibilizam a aprendizagem relativa às suturas e nós e, em modelos exclusivamente inorgânicos. A possibilidade do processo de aprendizagem ter sido realizado em tecido animal, e com situações clínicas concretas, permitiu aos formandos experienciarem a prática mais próxima da realidade do dia-a-dia.

Está previsto que este curso tenha a periodicidade de pelo menos uma vez por ano e que possa ser formatado aos curricula académicos de instituições de ensino.

 

Curso de Operador de Câmara Hiperbárica - ChAtt & ChOp Course  

 

Iniciou-se na passada terça-feira dia 26 de Janeiro o Curso de Operador de Câmara Hiperbárica, no Hospital Particular de Alvor. Esta é a terceira vez que um curso desta área se realiza em Portugal e a primeira vez no Algarve.

 

O ChAtt (assistente de câmara) é um curso de 3 dias em que os formandos, praticando em câmaras hiperbáricas, são ensinados a operar como assistentes para assistir um mergulhador acidentado do melhor modo possível durante o tratamento. O assistente é a pessoa que terá de assegurar-se que não há nenhum risco de segurança na câmara durante o tratamento e terá de trabalhar em conjunto com o operador de câmara. Este elemento também será formado em como atuar em caso de emergência no interior da câmara. O ChOps (operador de câmara) é um curso de 5 dias e treina operadores que trabalharão em câmaras hiperbáricas.

 

O curso é coordenado pelo Dr. Manuel Preto da BaroOdissey e uma referência nacional nesta área, sendo que os formandos ficarão certificados pela DAN Europe – Divers Alert Network Europe.

 

Esta parceria e oportunidade surgiram devido ao facto do Hospital Particular do Algarve ser a única entidade que possui uma câmara hiperbárica a sul de Lisboa, com 8 lugares, que permite assim este tipo de formações.