tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h58m

Atendimento Urgente

Hospital Particular Gambelas

00h04m

Atendimento Urgente

Superior a 1H30

Pediatria

Madeira Medical Center

01h25m

Atendimento Urgente

Oncologia

Oncologia



 

especialidade disponível nas unidades

 

Para pedidos de informação

HPA - Alvor | Portimão HPA - Gambelas | Faro HPM - Funchal

O que é cancro

O cancro é uma célula que perdeu os seus mecanismos de controlo normais e que adquire, por isso, um crescimento descontrolado.

Uma multiplicidade de fatores, genéticos e ambientais, aumentam o risco de desenvolvimento de um cancro.
O aumento verificado das doenças oncológicas deve-se não só a um melhor diagnóstico dos casos, mas também a um aumento efetivo na incidência de certos tipos de cancro, particularmente naqueles ligados ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, tabaco, tipo de alimentação nos países ocidentais, não esquecendo o cancro profissional, a poluição em todas as suas vertentes e o aumento da esperança de vida à nascença.
A oncologia é a especialidade médica que trata o cancro e os oncologistas os especialistas que o combatem.
#O cancro em Portugal #O cancro exige equipas multidisciplinares #A avaliação do cancro #As gestoras do doente oncológico #Conheça os Hospitais de Dia de Oncologia

 

 

O cancro em Portugal

O cancro constitui um preocupante problema de saúde para a população portuguesa, com importância plenamente justificada pela sua crescente morbilidade e mortalidade.
Em Portugal surgem, anualmente, 37 mil novos casos de cancro por ano, sendo o cancro da mama o mais frequente na mulher e o cancro do colon e do reto, o mais frequente no homem.

A prática da oncologia é hoje uma síntese de múltiplos saberes e experiências, que requer a presença de uma equipa multidisciplinar de profissionais com formação e treino adequados. Esta equipa deve trabalhar coordenadamente e a sua liderança é assumida pelo elemento com uma formação mais abrangente, ou seja, o oncologista médico.

 

 

O cancro exige equipas multidisciplinares

A doença oncológica é abordada no diagnóstico, tratamento e seguimento dos doentes como uma disciplina multidisciplinar, em que intervêm especialistas das várias áreas do conhecimento médico como a oncologia médica, cirurgia, radioterapia, anatomia patológica, patologia clínica e, dependendo da neoplasia maligna em causa, outras especialidades como a senologia (cancro da mama), hematologia (leucemias, linfomas), gastrenterologia (cancros do estômago, colon e reto, pâncreas, vesícula biliar), endocrinologia (cancro da tiroide, supra renal), pneumologia (cancro do pulmão), otorrinolaringologia (cancro da cavidade oral), ginecologia (cancros do útero, ovário, vulva) urologia (cancros do rim, bexiga, próstata, testículo), neurocirurgia (cancros do sistema nervoso central), anestesiologia (tratamento da dor aguda e crónica) psiquiatria (acompanhamento psicológico e psiquiátrico aos doentes), imagiologia e medicina nuclear (exames de imagem de todos os cancros).

Além destas especialidades médicas, as equipas multidisciplinares da oncologia do Grupo HPA Saúde incluem também psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas, que dentro da sua área de intervenção disponibilizam uma abordagem integral ao doente oncológico.

 

 

A avaliação do cancro

A avaliação do cancro começa com uma história clínica e um exame físico.  Os doentes queixam-se, muitas vezes, de falta de apetite, perda de peso, alterações do paladar e do olfato, fadiga, perturbações psicológicas e dor.
Ambos ajudam o médico a avaliar o risco de cancro que uma pessoa tem e a determinar os exames necessários para o detetar.
O diagnóstico oncológico é um diagnóstico histológico, o que requer uma biópsia.

Quando se deteta o cancro, outros exames ajudam a conhecer a sua localização exata e a se já se estendeu, ou não, a outros órgãos (metástases).
Posto isto, planifica-se o tratamento apropriado e determina-se o prognóstico.
Os doentes tratados de cancro devem ser sempre seguidos em consulta de oncologia médica, para se avaliar como respondem à terapia. O tratamento mais eficaz é o que produz a cura.

A cura define-se como uma remissão completa na qual desaparece toda a evidência do cancro, sendo que 65% dos doentes diagnosticados com cancro, vivem atualmente mais de 5 anos.

As gestoras do doente oncológico
Consigo e com a sua família em todos os momentos

A doença oncológica traz consigo muitas ansiedades e muitas dúvidas, algumas do âmbito do dia-a-dia, do âmbito do contexto real de vida.
Por exemplo, estas são algumas questões que habitualmente os nossos pacientes nos colocam:

  • O meu subsistema ou o meu seguro comparticipam os tratamentos?
  • Existem benefícios fiscais para o doente oncológico?
  • Quem são os profissionais que fazem parte da equipa multidisciplinar de oncologia?

Para dar resposta a estas dúvidas e promover um acompanhamento integral ao doente oncológico e à família/cuidadores, criámos a função de Gestor(a) do Doente Oncológico, em cada um dos nossos Hospitais de Dia.

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO GESTOR ONCOLÓGICO

  • Agilizar a articulação entre os diversos profissionais e/ou serviços para a marcação de consultas ou procedimentos
  • Supervisionar que a realização de todas as consultas e procedimentos se fazem em tempo útil e de acordo com os planos protocolados
  • Acompanhar e articular-se com o Departamento de Faturação relativamente aos diferentes custos inerentes a todo o percurso de diagnóstico e tratamento
  • Acompanhar e articular-se com as entidades externas – Seguradoras e Subsistemas –   relativamente aos diferentes custos inerentes a todo o percurso de diagnóstico e tratamento
  • Gerir e auxiliar alguma necessidade que o paciente e a sua família possam ter, mesmo em contexto externo ao HPA
  • Fornecer informações acerca de benefícios fiscais e/ou sociais.

A NOSSA EQUIPA DE GESTORAS 

Cristina Oliveira

HPA Alvor 

Beatriz Rita

HPA  Gambelas 

 

 

 

Hospital Particular do Algarve | Alvor

Portimão

Hospital Particular do Algarve | Gambelas

Faro

Hospital Particular da Madeira | Funchal

Madeira