tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h03m

Atendimento Permanente

Hospital Particular Gambelas

00h13m

Atendimento Permanente

Madeira Medical Center

00h01m

Atendimento Permanente

Acreditação JCI dos Hospitais de Alvor e Gambelas apresentada em tese de mestrado

HPA Magazine 13

 


O processo de acreditação dos hospitais de Alvor e Gambelas concedido pela Joint Commission International (JCI), a mais prestigiada instituição internacional de auditoria clínica, serviu de mote para a tese de Carina Santos, enfermeira na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Gambelas, na conclusão do seu mestrado em Gestão de Unidades de Saúde.
A investigação teve como principal objetivo avaliar alguns indicadores relacionados com a Satisfação no Trabalho, durante o processo de implementação do sistema de acreditação.

 

 


O processo de acreditação dos hospitais de Alvor e Gambelas concedido pela Joint Commission International (JCI), a mais prestigiada instituição internacional de auditoria clínica, serviu de mote para a tese de Carina Santos, enfermeira na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Gambelas, na conclusão do seu mestrado em Gestão de Unidades de Saúde.
A investigação teve como principal objetivo avaliar alguns indicadores relacionados com a Satisfação no Trabalho, durante o processo de implementação do sistema de acreditação.
A informação recolhida contemplou dois momentos (período pré-acreditação e período pós-acreditação) e concluiu existir um aumento significativo do Empoderamento dos colaboradores (Estrutural e Global) e uma diminuição significativa do Suporte Social (entre Pares) e do Stresse de Papel (Ambiguidade).
Estas conclusões, segundo a autora, explicam-se da seguinte forma: através da implementação do processo de acreditação, foi reorganizado e criado um ambiente de trabalho mais estruturado e facilitador do acesso à informação, oportunidades, suporte e recursos (Empoderamento). Este ambiente mais estruturado, favorável à perceção de um maior poder de decisão, autonomia, responsabilidade e autoeficácia, é influenciador de uma maior Satisfação no Trabalho por parte dos profissionais envolvidos.

Outra conclusão importante que conseguimos apurar foi que o investimento no Empoderamento, no Suporte Social e no Stresse de Papel, aumenta de uma forma bastante relevante e significativa o comprometimento organizacional, o sentido de missão e a Satisfação no Trabalho, sendo que todos eles são indicadores indiretos da qualidade dos cuidados prestados e da satisfação dos utentes.
No que respeita à diminuição da Ambiguidade de Papel, continua a Enf.ª Carina, ela explica-se na medida em que o processo de acreditação hospitalar contribuiu para a clarificação de papeis, tarefas e objetivos; muito provavelmente por todo o trabalho realizado ao nível da elaboração e normalização de protocolos, normas, instruções de trabalho, etc.
Carina Santos refere ainda que o apoio social, de superiores e de colegas, influenciam atitudes positivas e de satisfação, aspetos que sugerem a necessidade das organizações investirem no treino e desenvolvimento destas aptidões sociais, como forma de fomentar uma cultura socio-afetiva de apoio, de acompanhamento e de feedback construtivo, todos propícios mais uma vez, à prestação de cuidados de qualidade e ao compromisso para com a organização.