tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h58m

Atendimento Urgente

Hospital Particular Gambelas

00h04m

Atendimento Urgente

Superior a 1H30

Pediatria

Madeira Medical Center

01h25m

Atendimento Urgente

Gastrenterologia do HPA
A caminho de ser a unidade mais diferenciada do Alentejo e Algarve

HPA Magazine 17


Após a expansão física de 2020 e o investimento em recursos humanos e equipamentos que foi ocorrendo no último ano, o Serviço de Gastrenterologia do HPA Gambelas está preparado para se tornar o serviço mais diferenciado a sul de Lisboa, foi desta forma que o Diretor Clínico do HPA Gambelas – Dr. Paulo Vieira de Sousa – nos apresentou esta renovada unidade. 
Com efeito, a expansão que a especialidade de Gastrenterologia tem conhecido nos últimos anos, sobretudo na área da endoscopia e da terapêutica médica nas patologias do tubo digestivo, fígado, vias biliares e pâncreas, bem como a atuação preventiva nas doenças do foro digestivo, nomeadamente do cancro, justifica o investimento na modernização e desenvolvimento da Unidade de Gastrenterologia do HPA Gambelas, centrados no atendimento de excelência, pautado fundamentalmente na segurança de todos os procedimentos.
Com novas instalações que incluem uma sala ampla para exames com apoio à fluoroscopia, um recobro reforçado com 6 camas e a reacreditação clínica pela Joint Commission International, estão reunidas toda as condições para tornar num futuro próximo, esta unidade de exames especiais num local de referência a sul do País, para realização de técnicas endoscópicas avançadas, refere a Dra. Rita Herculano, diretora deste serviço.
A equipa está totalmente empenhada para o desafio de melhorar a organização do serviço, oferecer um atendimento de excelência e projetar um crescimento sustentado, que no conjunto permitam à Gastrenterologia criar valor para o paciente, a especialidade, o Grupo HPA e a região do Algarve.


Gastrenterologia do HPA


 

CONSULTAS MÉDICAS
A Gastrenterologia é atualmente uma das especialidades médicas mais diversificadas e que mais evoluiu nos últimos anos. Se outrora o gastrenterologista lidava apenas com o diagnóstico e o tratamento médico de patologias do foro digestivo, na atualidade enfrenta o desafio de procedimentos diagnósticos e terapêuticas invasivas, em alguns casos tecnicamente exigentes.
Com o desenvolvimento da especialidade surgiu também a necessidade de subespecialização do gastrenterologista em várias áreas, razão porque iremos também alavancar as consultas especializadas, promovendo a diferenciação, organização e qualidade de serviços prestados.

Consulta de Gastrenterologia Geral
Nesta consulta deverá ser abordada toda a patologia gastrenterológica benigna e maligna não tratada nas consultas mais especializadas. Se o gastroenterologista, após analisar o paciente, verificar que o mesmo é possuidor de uma patologia mais específica poderá alocá-lo/direcioná-lo para uma das consultas mais especializadas.

Consulta de Proctologia
Esta consulta especializada será disponibilizada brevemente e dedicar-se-á ao diagnóstico e tratamento das doenças benignas e malignas do canal anal e da região perianal. As doenças proctológicas benignas são variadas, sendo as mais comuns a doença hemorroidária e a fissura anal, que merecem um destaque especial pela sua importante prevalência na população jovem, refere a Dra. Rita Herculano. No entanto, atendemos também com uma frequência importante fístulas perianais, fibromas anais, prolapsos retais e condilomas anais e perianais (associados à infeção por HPV).
O exame mais realizado na consulta de Proctologia é a anuscopia, que nos permite estabelecer com precisão o diagnóstico diferencial e a opção terapêutica mais correta. Por exemplo, no caso da doença hemorroidária interna, de acordo com o estadio da doença, podemos realizar na consulta a esclerose hemorroidária e a laqueação elástica hemorroidária. Nas fissuras crónicas podemos realizar tratamentos minimamente invasivos, como a injeção de toxina botulínica.

Consulta de Hepatologia 
Nesta consulta será abordada a patologia hepática, desde a investigação da alteração das provas hepáticas até ao seguimento dos doentes com patologia crónica, como a cirrose hepática. Nesta consulta, o gastrenterologista poderá realizar uma técnica complementar de diagnóstico como o Fibroscan® hepático, uma técnica não invasiva (pag 18).

Consulta do Pâncreas e das Vias Biliares  
Tendo em conta a elevada mortalidade associada ao cancro do pâncreas, é determinante o seu diagnóstico precoce e por isso faz todo o sentido disponibilizarmos esta consulta especializada.
De igual modo, existem outras doenças que têm aumentado a sua incidência – muito devido aos hábitos alimentares –, como a litíase biliar, a colangite ou mesmo a pancreatite e, às quais importa realizar um acompanhamento mais personalizado e estreito, por forma a evitar-se desfechos complexos e irreversíveis.

Consulta de Risco Familiar de Cancro Digestivo 
Consideramos esta consulta de importância acrescida para um hospital como o HPA Gambelas, pela sua dimensão e diferenciação. Nesta consulta faremos o seguimento de uma forma sistemática, dos doentes com história familiar de cancro digestivo, em articulação estreita com as equipas da Oncologia e da Cirurgia Geral.

Consulta da Doença Inflamatória Intestinal
Esta será também uma consulta que se iniciará dentro de pouco tempo, sendo orientada para o diagnóstico, tratamento e seguimento da Doença Inflamatória Intestinal, nomeadamente a doença de Crohn e a colite ulcerosa. 
Sendo estas doenças crónicas, sem cura disponível até ao momento, é muito importante que estes doentes se sintam acompanhados e vigiados por uma equipa multidisciplinar, que deverá ter um gastrenterologista a liderar, mas que inclua outras especialidades como a Cirurgia, a Imagiologia, a Reumatologia, a Dermatologia, a Nutrição e a Psiquiatria/Psicologia, refere a Dra. Rita Herculano.

CUIDADOS DE ENFERMAGEM
Para a Enf.ª Catarina Bentes, responsável de enfermagem da Unidade de Exames Especiais, o destaque vai para a funcionalidade e a segurança. Com esta nova unidade ganhámos efetivamente circuitos mais funcionais, melhorámos as condições estruturais e aumentámos o nível de segurança em todo o percurso do paciente, assim como na área do reprocessamento de equipamentos médicos, com a aquisição de equipamentos de desinfeção e armazenamento de alta diferenciação.
Também ao nível do recobro melhorámos significativamente, pois a sua disposição e expansão oferecem segurança e conforto. Por exemplo, após acordar da sedação, o paciente permanece numa unidade completamente equipada de forma a manter a sua monitorização, num local com privacidade e conforto, até apresentar todos os critérios clínicos para a alta hospitalar. No momento da alta, oferecemos-lhe um snack e verificamos as condições de segurança no regresso a casa (sobretudo se as pessoas vivem sozinhas ou foram submetidas a procedimentos invasivos mais complexos).
O facto de sermos acreditados pela Joint Comission International desde 2018, facilitou este amadurecimento, esta “musculação” com que trabalhamos hoje; o nosso normativo segue os melhores padrões e práticas internacionais em todos os níveis/áreas da prestação de cuidados da Gastrenterologia. 
Iniciámos também a teleconsulta de enfermagem, que pretendemos que futuramente abranja áreas de apoio mais especializadas. 
Recentemente voltámos a ser sujeitos a uma rigorosa avaliação pela Joint Comission International, da qual com enorme orgulho, recebemos uma apreciação muito positiva do funcionamento da nossa unidade e dos cuidados que prestamos. Toda a equipa de Enfermeiros e Auxiliares de Ação Médica continua empenhada com o compromisso de diariamente fazermos mais e melhor pelos nossos pacientes.

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Elastografia Hepática 

A elastografia hepática, também conhecida como FibroScan®, é um equipamento de diagnóstico da função hepática, nomeadamente para avaliação e quantificação da fibrose e da esteatose (gordura) hepática (alcoólica e não alcoólica), mas também com interesse diferenciado no diagnóstico e seguimento das hepatites B e C, doenças biliares, doenças metabólicas ou autoimunes, entre outras condições.
Tendo em conta a prevalência e a incidência da obesidade, o FibroScan® tem servido também para rastrear massivamente grupos de riscos - obesos, doentes cirróticos, diabéticos - de forma a antecipar diagnósticos problemáticos e a diminuir desfechos fatais, refere a Dra. Rita Herculano.
Por enquanto o HPA é o único hospital no Algarve a possuir este equipamento, com um poder elevado ao nível do diagnóstico precoce, aspeto determinante no foro das doenças hepáticas. Além disso, o FibroScan® é um exame não invasivo, totalmente indolor, sem qualquer radiação, muito rápido na execução (pode demorar cerca de 10 minutos), que não exige nenhuma preparação específica (aconselha-se um jejum de 3-4 horas) e que fornece logo o resultado no final do exame.
 
Videoenteroscopia por cápsula
É um exame de diagnóstico simples, seguro e não invasivo que permite visualizar todos os segmentos do intestino delgado.
Esta videocápsula tem cerca de 0.5 cm x 2.5 cm e possui uma fonte de luz e uma câmara que capta as imagens e as regista, através de sensores colocados no corpo do paciente e de um recetor que fica preso à sua cintura.
Em regra, está indicada na hemorragia digestiva obscura (com endoscopia alta e colonoscopia normais); na anemia por deficiência de ferro; no diagnóstico e classificação da doença de Crohn; na doença celíaca refratária à dieta/complicada; no diagnóstico de tumores do intestino delgado; nas síndromes de polipose hereditárias ou ainda para esclarecimento de outros diagnósticos/exames. 
Após a preparação do intestino, a cápsula é engolida com água e avança ao longo do tubo digestivo, propulsionada pelos movimentos digestivos normais. Ao longo de catorze horas, a cápsula vai gravando as imagens do trajeto ao longo do intestino, podendo o paciente realizar a sua vida normal. As imagens são depois processadas e visualizadas num monitor pelo Gastroenterologista e passadas 24-72 horas, a videocápsula é eliminada naturalmente com as fezes.
Importante referir que a Direção do HPA Gambelas está atualmente a renegociar os acordos com os subsistemas e as seguradoras, para que este exame seja comparticipado e acessível a um maior número de pessoas.

Além da elastografia hepática e da videocápsula o Serviço de Gastrenterologia do HPA Gambelas realiza:
• Anuscopias
• Colangiopancreatografias Retrógradsa Endoscópicas – CPRE
• Colocação de Balão Intragástrico
• Colonoscopias
• Dilatação de Estenoses Gastrointestinais com colocação de próteses endoscópicas
• Endoscopias Digestivas Altas
• Gastrostomias Percutâneas Endoscópicas e técnicas associadas
• Laqueação Elástica de varizes esofágicas
• Mucosectomias (Endoscopic Mucosal Resection) 
• Rectosigmoidoscopias Flexíveis
Outras técnicas estão também pensadas para ficarem disponíveis nos próximos meses, nomeadamente a manometria esofágica de alta resolução e a pH-metria esofágica com impedância. Estas técnicas darão suporte às cirurgias benignas esófago-gástricas, como é o caso do tratamento do refluxo gastroesofágico e outras doenças da motilidade esofágica.
A manometria anorretal de alta resolução está também pensada para o HPA-Gambelas, fortalecendo, por exemplo, o estudo da obstipação crónica ou das anomalias do pavimento pélvico, como é o caso da incontinência fecal. Aliás, este equipamento será de extrema importância no apoio à consulta de proctologia.

 

Consulta de Gastrenterologia Geral


 

Consulta do Pâncreas e das Vias Biliares


 

CUIDADOS DE ENFERMAGEM


 

Consulta de Gastrenterologia Geral


 

Elastografia Hepática


 

Consulta de Gastrenterologia Geral


 

Videoenteroscopia por cápsula