tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h11m

Atendimento Permanente

Hospital Particular Gambelas

00h12m

Atendimento Permanente

Hospital Particular da Madeira

00h21m

Atendimento Permanente

Madeira Medical Center

00h23m

Atendimento Permanente

Relação da apneia obstrutiva do sono e a função cognitiva

HPA Magazine 14



 

A investigação intitula-se “Obstructive Sleep Apnea: The Effects of Apnea-Hypopnea Index, Oxygen Desaturation and Daytime Sleepiness on Cognitive Function” e visa conhecer as causas de declínio neuro cognitivo em pacientes com Apneia Obstrutiva do Sono (AOS), nomeadamente as associadas à apneia-hipopneia, dessaturação do oxigénio e sonolência diurna.
Os resultados revelaram comprometimento no desempenho cognitivo geral de doentes gravemente afetados, mas nenhum défice foi observado em doentes com AOS ligeira e moderada. Embora nenhuma outra evidência de comprometimento cognitivo tenha sido encontrada nos doentes quando analisados de acordo com a gravidade da doença, uma análise incluindo todos os doentes apneicos revelou um aumento de défices de atenção, memória e flexibilidade cognitiva. Os índices de gravidade da doença, dessaturação e sonolência diurna excessiva não contribuíram significativamente para o desenvolvimento da maioria destes défices, o que sugere que outros mecanismos não explorados neste estudo podem estar envolvidos. 
Os resultados revelaram, no entanto, que a sonolência diurna excessiva influencia negativamente a capacidade de controlo inibitório em doentes com AOS, o que confirma os efeitos prejudiciais da interrupção e má qualidade do sono no circuito do córtex pré-frontal. No geral, este estudo enfatiza o impacto da AOS na cognição, independentemente da gravidade da doença, assim como a importância dos aspetos psicológicos do distúrbio. 
A investigação resultou de uma parceria entre a Universidade do Algarve (UALg) e o HPA, inserindo-se no Mestrado em Neurociências Cognitivas e Neuropsicologia. Do grupo de investigadores fizeram parte Miguel Coutinho (Neuropsicólogo do Grupo HPA), Laura Nedel Duarte (Estagiária de Neuropsicologia da UALg), Vinícius Duarte (Téc. de Neurofisiologia do Grupo HPA) e Dina Silva (Investigadora e Professora da UAlg).