tempos médios de espera

Hospital Particular Alvor

00h03m

Atendimento Permanente

Hospital Particular Gambelas

00h13m

Atendimento Permanente

Madeira Medical Center

00h01m

Atendimento Permanente

Relação da apneia obstrutiva do sono e a função cognitiva

HPA Magazine 14



 

A investigação intitula-se “Obstructive Sleep Apnea: The Effects of Apnea-Hypopnea Index, Oxygen Desaturation and Daytime Sleepiness on Cognitive Function” e visa conhecer as causas de declínio neuro cognitivo em pacientes com Apneia Obstrutiva do Sono (AOS), nomeadamente as associadas à apneia-hipopneia, dessaturação do oxigénio e sonolência diurna.
Os resultados revelaram comprometimento no desempenho cognitivo geral de doentes gravemente afetados, mas nenhum défice foi observado em doentes com AOS ligeira e moderada. Embora nenhuma outra evidência de comprometimento cognitivo tenha sido encontrada nos doentes quando analisados de acordo com a gravidade da doença, uma análise incluindo todos os doentes apneicos revelou um aumento de défices de atenção, memória e flexibilidade cognitiva. Os índices de gravidade da doença, dessaturação e sonolência diurna excessiva não contribuíram significativamente para o desenvolvimento da maioria destes défices, o que sugere que outros mecanismos não explorados neste estudo podem estar envolvidos. 
Os resultados revelaram, no entanto, que a sonolência diurna excessiva influencia negativamente a capacidade de controlo inibitório em doentes com AOS, o que confirma os efeitos prejudiciais da interrupção e má qualidade do sono no circuito do córtex pré-frontal. No geral, este estudo enfatiza o impacto da AOS na cognição, independentemente da gravidade da doença, assim como a importância dos aspetos psicológicos do distúrbio. 
A investigação resultou de uma parceria entre a Universidade do Algarve (UALg) e o HPA, inserindo-se no Mestrado em Neurociências Cognitivas e Neuropsicologia. Do grupo de investigadores fizeram parte Miguel Coutinho (Neuropsicólogo do Grupo HPA), Laura Nedel Duarte (Estagiária de Neuropsicologia da UALg), Vinícius Duarte (Téc. de Neurofisiologia do Grupo HPA) e Dina Silva (Investigadora e Professora da UAlg).