tempos médios de espera

Hospital Particular Gambelas

Superior a 1H30

Atendimento Permanente

00h24m

Pediatria

Dr. Miguel Allen

Cirurgião
Diretor Clínico

Hospital Particular
do Alentejo

Dr. Miguel Allen

Estamos prontos para cuidar e servir (ainda) melhor
Hospital Particular do Alentejo · Sines

HPA Magazine 16


O projeto CLÍDIS foi desenvolvido ao longo de quatro décadas, com todo o empenho e dedicação de uma família que, na década de 70, resolveu abraçar um desafio na costa alentejana.
Nessa altura, sendo Sines pouco mais que uma vila piscatória, estávamos no início da criação do Sistema Nacional de Saúde e as populações mais remotas dos centros urbanos eram relegadas para segundo plano.
De forma a colmatar uma necessidade premente no diagnóstico laboratorial, a CLÍDIS foi inicialmente criada como Laboratório de Análises Clínicas. 
Ao longo dos anos foi alargando as suas valências na medida em que a população foi crescendo e aumentando as suas necessidades em cuidados de saúde diferenciados. Na década de 80 iniciou-se a valência de consultas médicas e na década de 90 a valência de Imagiologia.


Estamos prontos para cuidar e servir (ainda) melhor


 

Com o contínuo crescimento da população e aumento do número de empresas que viam em Sines e no seu porto um grande potencial de desenvolvimento, as suas necessidades foram-se diferenciando e tornando mais exigente a disponibilização de cuidados de saúde.
Progressivamente as instalações foram aumentando até que foi necessário pensar e construir de raiz um edifício que congregasse todas as valências e, assim nasceu em 2006 a “nova” CLÍDIS, que atualmente é emblemática na atual cidade de Sines e marca reconhecida em todo o Litoral Alentejano.
Como filho deste casal empreendedor, desde sempre acompanhei o desenvolvimento e crescimento da CLÍDIS, nas suas várias vertentes e tive oportunidade de fazer estágios de formação e voluntariado nesta instituição, em praticamente todas as áreas e valências.
Tendo abraçado a Legis Artis e concluído o curso de Medicina na Faculdade de Ciências Médicas da UNL | NOVA Medical School em 1998, desde logo assumi o cargo de Diretor Clínico Médico da CLÍDIS. 
Ainda nas antigas instalações foi um verdadeiro desafio criar e desenvolver as várias áreas médicas de consulta e de diagnóstico imagiológico. Nessa altura, ainda com limitações significativas relativamente a vias de acesso a Sines, não era fácil conseguir que colegas especialistas nas várias áreas se deslocassem centenas de quilómetros para fazer um dia de consulta. 
Não posso deixar de prestar homenagem a todos os que nos ajudaram a iniciar esta etapa, muitos dos quais deixaram de conseguir colaborar connosco ou infelizmente já partiram.
Apesar das dificuldades, foi com grande esforço e dedicação que foi possível ir crescendo e diferenciando a disponibilidade em várias valências médicas. 
Com a construção do novo edifício, passaram a ser disponibilizadas maiores e melhores áreas para o diagnóstico e tratamento dos nossos clientes/doentes, tendo sido criada uma excelente equipa, coesa e diversificada nas várias áreas médicas e técnicas de saúde.
Nos últimos 10-15 anos assistiu-se em Portugal a uma revolução na área da saúde, com o aparecimento e crescimento acelerado dos atuais grupos de saúde e também da população com acesso a seguros de saúde. 
 

A par com o crescimento populacional na costa alentejana, assistiu-se a um novo aumento das solicitações e das “exigências” em diferenciação nos cuidados de saúde.
Desta forma, foi notória a necessidade de dar um novo salto qualitativo e de diferenciação e disponibilização de cuidados médicos à população do Litoral Alentejano. 
Em 2015, por existir uma grande afinidade relativamente à missão e aos valores com o projeto do Grupo HPA Saúde, foi possível começar a estreitar laços e concluir que a integração deste projeto fazia sentido para a CLÍDIS.
Em 2017 culmina com a definição de um novo e ambicioso desafio, o da criação do Hospital Particular do Alentejo, com capacidade de prestação de cuidados médicos eletivos, de urgência e disponibilidade de bloco operatório e internamento.
Esta nova etapa vai requerer de todos um maior dinamismo, integração de equipas multidisciplinares, de diagnóstico e terapêutica, para melhorar os cuidados de saúde de excelência a que os nossos clientes/doentes estão habituados e de que não prescindem.
No último ano, a exigência de adaptação à pandemia COVID-19 foi conseguida com um esforço pessoal incomensurável dos nossos profissionais, tanto na prestação direta de cuidados, como na retaguarda de serviços logísticos e de gestão.
Toda a estrutura e dinâmica foi revista e reestruturada, enquanto decorriam as obras de requalificação/ampliação/construção do bloco operatório, piso de Internamento e unidade de cuidados intermédios.
Em tempo record (uma semana) instalou-se uma Drive Covid com o apoio da Proteção Civil, Câmara Municipal e Junta de freguesia de Sines.
Foi com todo o empenho e dedicação que conseguimos, reconhecidamente, dar resposta atempada a todas as solicitações da Autoridade de Saúde na luta contra este flagelo SARS-Cov2 e manter permanentemente disponíveis todos os serviços da CLÍDIS/HPA. 
Foram tempos conturbados, mas para os quais se vislumbra um términus.
Estamos prontos! Vamos, em conjunto e mais uma vez, triunfar em nome de toda uma história de vida e de dedicação à população do Alentejo.