tempos médios de espera

Hospital Particular da Madeira

Superior a 1H30

Atendimento Urgente

Dra. Sara Tavares

Especialista em
Ginecologia e Obstetrícia
Responsável pela Consulta de Diagnóstico Pré-Natal

 

Dra. Sara Tavares

Diagnóstico Pré-Natal
Um universo em expansão

HPA Magazine 17


O diagnóstico pré-natal é uma área da medicina com um desenvolvimento exponencial nos últimos 10 anos.
A ecografia obstétrica sendo uma ferramenta médica de excelência é também o primeiro contacto da família com o bebé. Tecnologias como a ecografia 3D e 4D tornaram este momento ainda mais emotivo ao permitir documentar os contornos da face fetal.


Diagnóstico Pré-Natal


 

Progressivamente, abandona-se o conceito de diagnóstico pré-natal como ferramenta cujo único objetivo é a deteção de malformações no feto. A introdução do rastreio de pré-eclâmpsia no 1º trimestre e do rastreio de parto pré-termo conferem ao diagnóstico pré-natal uma componente de saúde materna e perinatal de suma importância a acrescentar ao seu já tão válido papel na vigilância da gravidez.
O avanço tecnológico acarretou uma melhoria muito significativa da qualidade de imagem permitindo diagnósticos em idades gestacionais cada vez mais precoces. A deteção precoce permite uma melhor articulação entre as diferentes especialidades envolvidas no cuidado da grávida e do feto. O diagnóstico in utero permite um planeamento de atuação prévio conferindo um melhor desfecho ao recém-nascido.
Também as novas técnicas utilizadas nesta área, nomeadamente as referentes à genética, têm vindo a melhorar os cuidados na gravidez permitindo diminuir situações com potencial ansiedade e eventuais complicações para a gravidez. Falamos neste caso do teste pré-natal não invasivo que tem vindo a substituir em escala crescente o rastreio de trissomias combinado por ser mais eficaz na deteção destas alterações e evitando a necessidade da realização de testes invasivos como a amniocentese numa grande percentagem de gravidezes.
Sendo uma área extremamente abrangente e desafiante o papel do diagnóstico pré-natal na gravidez é claro e indiscutível. Uma avaliação correta neste contexto permite melhorar os cuidados à mãe e ao recém-nascido mesmo antes do momento do nascimento.