tempos médios de espera

Clínica Particular AlgarveShopping

00h13m

Atendimento Permanente

Clínica Particular de Vilamoura

00h00m

Atendimento Permanente

Hospital Particular Alvor

00h09m

Atendimento Permanente

00h00m

Pediatria

Hospital Particular Gambelas

00h11m

Atendimento Permanente

00h12m

Pediatria

Centro Médico Internacional VRSA

00h00m

Atendimento Permanente

Hospital São Camilo Portimão

00h00m

Atendimento Permanente

Clínica Particular SIIPEMOR

00h00m

Pediatria

Clídis – Clínica de Diagnósticos de Sines

00h00m

Atendimento Permanente

Madeira Medical Center

00h25m

Atendimento Permanente

00h19m

Pediatria

Endocrinologia Pediátrica



A Consulta de Endocrinologia Pediátrica foi constituída para acompanhar as crianças e adolescentes nas disfunções do sistema endócrino, nomeadamente obesidade e diabetes pediátricas ou juvenis, alterações do crescimento e da puberdade, disfunções da tiróide ou outros distúrbios hormonais da infância e adolescência.


PRINCIPAIS PATOLOGIAS/DOENÇAS

Os distúrbios endócrino-metabólicos pediátricos são disfunções hormonais que se instalam desde o período neonatal até o final da adolescência. Estas alterações hormonais têm repercussões sobre o crescimento, o desenvolvimento e o metabolismo de um organismo em fase de maturação, devendo, por isso, serem considerados os aspectos peculiares de cada fase do desenvolvimento.

As disfunções endócrinas mais comuns da infância e da adolescência incluem:
  • Anomalias do desenvolvimento sexual e ambiguidade genital;
  • Alterações do crescimento, incluindo deficiência de hormona do crescimento;
  • Alterações da puberdade - puberdade precoce ou atraso da puberdade;
  • Alterações da função tiroidea - hipertiroidismo, hipotiroidismo, bócio;
  • Alterações do metabolismo da glicemia – hipoglicemia;
  • Doenças do metabolismo do fósforo e do cálcio – raquitismos;
  • Doenças do crescimento associadas a Síndromas específicos: Síndroma de Turner, Síndroma de Noonan,  Síndroma Prader-Willi, entre outros;
  • Tratamento, educação e seguimento de crianças e adolescentes com Diabetes Mellitus;
  • Obesidade;
  • Problemas endócrinos da adolescência: excesso de pelos, acne e ovário poliquístico, lterações menstruais, ginecomastia.

Alterações do Período Neonatal

No período neonatal, as disfunções mais frequentes são as da diferenciação genital; hipoglicemias; hiperglicemia; hipotiroidismos congénitos e hiperplasia adrenal congénita. Nas crianças mais pequenas predominam os quadros de crescimento deficiente e os hipotiroidismos adquiridos.
 

Alterações da Puberdade

Classicamente, o início da puberdade deve ocorrer entre os 8 e 13 anos nas meninas, e no período que vai dos 9 aos 14 anos nos meninos. Puberdades que se iniciem em meninas menores de 6 anos ou em meninos menores do que 7 ou 8 anos, são consideradas muito precoces, requerendo investigação e a maior parte das vezes tratamento. Na idade compreendida entre os 6 e 8 anos (meninas) e os 7 e 9 anos (meninos), considera-se um período limítrofe, no qual a avaliação clínica do ritmo de desenvolvimento puberal irá definir a necessidade de investigação laboratorial ou eventual tratamento.
 

Alterações do Período da Adolescência

Durante a adolescência, as queixas mais frequentes estão relacionadas com a ausência do desenvolvimento puberal e genital, as disfunções da tiróide auto-imunes, a Diabetes Tipos 1 e 2 e a obesidade.
 

Obesidade

Embora não seja uma regra sem exceções, grande parte das crianças e adolescentes obesos também terão obesidade na idade adulta. Isto porque, além de carregarem os determinantes genéticos, tendem a manter os erros nutricionais e socioculturais que desencadeiam e agravam os mecanismos geradores do ganho excessivo de peso. Portanto, embora o tratamento medicamentoso não seja necessário durante essa fase, todas as medidas educacionais são essenciais para a prevenção da evolução do quadro de obesidade.

Em Pediatria distinguem-se dois grandes grupos: a obesidade de causa orgânica, endógena ou primária (1 % dos casos) e a obesidade de origem nutricional, simples ou secundária (99 % dos casos). A obesidade relacionada com patologia endócrina acompanha-se muitas vezes de estatura baixa, ou, numa fase inicial, de diminuição da velocidade de crescimento. Estes dados clínicos permitem fazer a distinção com a obesidade exógena, em que se observa habitualmente uma aceleração da velocidade de crescimento.

Deve ser dada especial atenção às crianças e adolescentes com história familiar de obesidade, diabetes, hipertensão arterial e dislipidemias, já que a obesidade nestas fases pode ser uma primeira manifestação clínica da resistência à insulina, envolvida na génese da Síndrome Metabólica.
 

Diabetes

A Diabetes tipo 1 é a mais frequente em crianças e adolescentes e é chamada de insulino dependente, porque desde que é diagnosticada, torna-se indispensável o tratamento com insulina. Neste tipo de Diabetes, as células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina são destruídas por um processo denominado “auto-imunidade”. Este processo conduz, eventualmente, a uma perda total da produção de insulina.

A Diabetes Tipo 2 é também conhecida como a Diabetes do adulto, uma vez que se manifesta, geralmente, após os 35 anos. Contudo, hoje em dia, existe um aumento alarmante da Diabetes Tipo 2 nos jovens. Neste tipo de Diabetes, a capacidade de produção de insulina não desaparece totalmente, no entanto, o organismo torna-se cada vez mais resistente à sua ação, sendo, por isso, necessários medicamentos orais para se atingir um equilíbrio. A dieta e a redução de peso são muito importantes no tratamento da Diabetes tipo 2.


EXAMES RELACIONADOS

O Grupo HPA Saúde disponibiliza todos os meios de diagnóstico para o diagnóstico e monitorização das doenças endócrino-metabólicas nomeadamente:
  • Citologia (para exame histológico);
  • Cintigrafia;
  • Ecografia;
  • Ressonância Magnética (hipofisária, pancreática, suprarrenal);
  • Tomografia Computorizada – TAC (hipofisária, pescoço, suprarrenal, tórax);
  • Exames laboratoriais para medição dos níveis hormonais basais ou dos níveis decorrentes da estimulação hipofisária.

PONTOS FORTES DA ESPECIALIDADE NO GRUPO HPA

A consulta especializada de Endocrinologia Pediátrica recebe apoio de outras especialidades médicas ou profissionais de saúde, nomeadamente cirurgiões pediátricos, neuropediatras, nefrologistas pediátricos, psicólogos, neuropsicólogos ou nutricionistas vocacionados para o atendimento infantil e juvenil.

 


LIGAÇÕES


Especialidades Médicas


especialidade disponível nas unidades

  • Hospital Particular do Algarve - Alvor
  • Hospital Particular do Algarve - Gambelas
  • Hospital São Camilo - Portimão
  • Clínica Particular do Algarve - Guia
  • Clínica Particular de Vilamoura
  • CLÍDIS - Clínica de Diagnósticos de Sines
  • Clínica Particular SIIPEMOR
  • Hospital São Gonçalo de Lagos
  • Clínica Particular de São Teotónio
  • Madeira Medical Center

médicos

Hospital Particular do Algarve - Alvor

Hospital Particular do Algarve - Gambelas

Hospital São Camilo - Portimão

Clínica Particular do Algarve - Guia

Clínica Particular de Vilamoura

CLÍDIS - Clínica de Diagnósticos de Sines

Clínica Particular SIIPEMOR

Hospital São Gonçalo de Lagos

Clínica Particular de São Teotónio

Madeira Medical Center