tempos médios de espera

Hospital Particular Gambelas

00h18m

Atendimento Permanente

00h01m

Pediatria

Endocrinologia Pediátrica

Endocrinologia Pediátrica


A Consulta de Endocrinologia Pediátrica foi constituída para acompanhar as crianças e adolescentes nas disfunções do sistema endócrino, nomeadamente obesidade e diabetes pediátricas ou juvenis, alterações do crescimento e da puberdade, disfunções da tiróide ou outros distúrbios hormonais da infância e adolescência.


PRINCIPAIS PATOLOGIAS/DOENÇAS

Os distúrbios endócrino-metabólicos pediátricos são disfunções hormonais que se instalam desde o período neonatal até o final da adolescência. Estas alterações hormonais têm repercussões sobre o crescimento, o desenvolvimento e o metabolismo de um organismo em fase de maturação, devendo, por isso, serem considerados os aspectos peculiares de cada fase do desenvolvimento.

As disfunções endócrinas mais comuns da infância e da adolescência incluem:
  • Anomalias do desenvolvimento sexual e ambiguidade genital;
  • Alterações do crescimento, incluindo deficiência de hormona do crescimento;
  • Alterações da puberdade - puberdade precoce ou atraso da puberdade;
  • Alterações da função tiroidea - hipertiroidismo, hipotiroidismo, bócio;
  • Alterações do metabolismo da glicemia – hipoglicemia;
  • Doenças do metabolismo do fósforo e do cálcio – raquitismos;
  • Doenças do crescimento associadas a Síndromas específicos: Síndroma de Turner, Síndroma de Noonan,  Síndroma Prader-Willi, entre outros;
  • Tratamento, educação e seguimento de crianças e adolescentes com Diabetes Mellitus;
  • Obesidade;
  • Problemas endócrinos da adolescência: excesso de pelos, acne e ovário poliquístico, lterações menstruais, ginecomastia.

Alterações do Período Neonatal

No período neonatal, as disfunções mais frequentes são as da diferenciação genital; hipoglicemias; hiperglicemia; hipotiroidismos congénitos e hiperplasia adrenal congénita. Nas crianças mais pequenas predominam os quadros de crescimento deficiente e os hipotiroidismos adquiridos.
 

Alterações da Puberdade

Classicamente, o início da puberdade deve ocorrer entre os 8 e 13 anos nas meninas, e no período que vai dos 9 aos 14 anos nos meninos. Puberdades que se iniciem em meninas menores de 6 anos ou em meninos menores do que 7 ou 8 anos, são consideradas muito precoces, requerendo investigação e a maior parte das vezes tratamento. Na idade compreendida entre os 6 e 8 anos (meninas) e os 7 e 9 anos (meninos), considera-se um período limítrofe, no qual a avaliação clínica do ritmo de desenvolvimento puberal irá definir a necessidade de investigação laboratorial ou eventual tratamento.
 

Alterações do Período da Adolescência

Durante a adolescência, as queixas mais frequentes estão relacionadas com a ausência do desenvolvimento puberal e genital, as disfunções da tiróide auto-imunes, a Diabetes Tipos 1 e 2 e a obesidade.
 

Obesidade

Embora não seja uma regra sem exceções, grande parte das crianças e adolescentes obesos também terão obesidade na idade adulta. Isto porque, além de carregarem os determinantes genéticos, tendem a manter os erros nutricionais e socioculturais que desencadeiam e agravam os mecanismos geradores do ganho excessivo de peso. Portanto, embora o tratamento medicamentoso não seja necessário durante essa fase, todas as medidas educacionais são essenciais para a prevenção da evolução do quadro de obesidade.

Em Pediatria distinguem-se dois grandes grupos: a obesidade de causa orgânica, endógena ou primária (1 % dos casos) e a obesidade de origem nutricional, simples ou secundária (99 % dos casos). A obesidade relacionada com patologia endócrina acompanha-se muitas vezes de estatura baixa, ou, numa fase inicial, de diminuição da velocidade de crescimento. Estes dados clínicos permitem fazer a distinção com a obesidade exógena, em que se observa habitualmente uma aceleração da velocidade de crescimento.

Deve ser dada especial atenção às crianças e adolescentes com história familiar de obesidade, diabetes, hipertensão arterial e dislipidemias, já que a obesidade nestas fases pode ser uma primeira manifestação clínica da resistência à insulina, envolvida na génese da Síndrome Metabólica.
 

Diabetes

A Diabetes tipo 1 é a mais frequente em crianças e adolescentes e é chamada de insulino dependente, porque desde que é diagnosticada, torna-se indispensável o tratamento com insulina. Neste tipo de Diabetes, as células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina são destruídas por um processo denominado “auto-imunidade”. Este processo conduz, eventualmente, a uma perda total da produção de insulina.

A Diabetes Tipo 2 é também conhecida como a Diabetes do adulto, uma vez que se manifesta, geralmente, após os 35 anos. Contudo, hoje em dia, existe um aumento alarmante da Diabetes Tipo 2 nos jovens. Neste tipo de Diabetes, a capacidade de produção de insulina não desaparece totalmente, no entanto, o organismo torna-se cada vez mais resistente à sua ação, sendo, por isso, necessários medicamentos orais para se atingir um equilíbrio. A dieta e a redução de peso são muito importantes no tratamento da Diabetes tipo 2.


EXAMES RELACIONADOS

O Grupo HPA Saúde disponibiliza todos os meios de diagnóstico para o diagnóstico e monitorização das doenças endócrino-metabólicas nomeadamente:
  • Citologia (para exame histológico);
  • Cintigrafia;
  • Ecografia;
  • Ressonância Magnética (hipofisária, pancreática, suprarrenal);
  • Tomografia Computorizada – TAC (hipofisária, pescoço, suprarrenal, tórax);
  • Exames laboratoriais para medição dos níveis hormonais basais ou dos níveis decorrentes da estimulação hipofisária.

PONTOS FORTES DA ESPECIALIDADE NO GRUPO HPA

A consulta especializada de Endocrinologia Pediátrica recebe apoio de outras especialidades médicas ou profissionais de saúde, nomeadamente cirurgiões pediátricos, neuropediatras, nefrologistas pediátricos, psicólogos, neuropsicólogos ou nutricionistas vocacionados para o atendimento infantil e juvenil.

 


LIGAÇÕES


Especialidades Médicas


especialidade disponível nas unidades

Algarve

  • Hospital Particular do Algarve - Gambelas

médicos

Hospital Particular do Algarve - Gambelas