waiting times

Hospital Particular Alvor

00h03m

Medical Emergency

Hospital Particular Gambelas

00h13m

Medical Emergency

Madeira Medical Center

00h01m

Medical Emergency


Uma das áreas que mais se desenvolveu nos últimos anos na medicina foram os meios ou exames complementares de diagnóstico. A área da cardiologia não constituiu exceção, pelo contrário, só com exames de grande precisão, poderemos fazer frente às doenças cardiovasculares, que se mantêm como a principal causa de morte no mundo.

Em termos de exames especiais, esta é uma das áreas mais diferenciadas do HPM. Deixamos-lhe alguns exames.

Ecocardiograma Transtorácico 

Utiliza ultrassons para obter imagens do coração em tempo real e dos maiores vasos sanguíneos. Permite avaliar alterações morfológicas e funcionais das câmaras cardíacas, válvulas, vasos e estruturas próximas do coração, quando este se encontra em repouso.

Ecocardiograma Transesofágico

Aqui as imagens do coração são obtidas por meio de uma sonda de ultrassom especial, a qual é introduzida pela boca sob sedação. No ecocardiograma transesofágico a sonda é capaz de visualizar melhor determinadas partes do coração. O procedimento completo dura cerca de uma hora. Contudo, habitualmente a sonda de ultrassom só permanecerá inserida aproximadamente 10 a 15 minutos.

Ecocardiograma de Sobrecarga Farmacológica

É também um exame realizado com uma sonda que emite ultrassons para obter imagens do coração, habitualmente efetuado em repouso. Quando necessário, o coração pode ser avaliado em esforço ou em sobrecarga, realizando um ecocardiograma de sobrecarga farmacológica, também conhecido como ecocardiograma de stress, no qual é administrado um medicamento que irá acelerar o coração para simular o esforço físico. Permite detetar alterações que ocorrem no funcionamento ou na estrutura do coração, tanto nível do músculo (miocárdio), quanto das válvulas e das artérias coronárias em esforço.


Exame e equipamentos que possuímos: 

Angio TC Cardíaco; RM Cardíaca; Eco Cardíaca; Eco Transesofágico; Eco Stress; Eco de Esforço; MAPA; HOLTER; Prova de Esforço; Registador de Eventos.

TAC CARDÍACA

Recomenda-se a Angio-TAC quando se deseja avaliar o grau de obstrução das artérias coronárias não invasivamente.Na TAC cardíaca podemos realizar o Score de cálcio e/ou a angioTAC coronária.
O Score de cálcio é realizado sem contraste para avaliar o grau de calcificação das artérias coronárias e estimativa de risco de eventos coronários futuros.
A Angio-TAC coronária utiliza um contraste iodado por injeção endovenosa através de uma veia do braço, para permitir a visualização de obstruções das artérias coronárias. Geram-se imagens que se assemelham às do cateterismo cardíaco.
Enquanto o score de cálcio permite-nos dizer que “o cano está enferrujado”, a Angio-TC possibilita-nos dizer se “o cano está entupido”. É um exame muito útil, principalmente para excluir a presença de doença coronária.

RMN CARDÍACA

A Ressonância cardíaca é um exame de diagnóstico por imagem que usa um campo magnético para mostrar a região cardíaca de forma clara e precisa.
O teste é seguro, não invasivo e indolor.
Atualmente, a técnica da ressonância magnética cardíaca é considerada a mais moderna entre os exames de imagem, pois permite uma avaliação morfológica, estrutural e funcional muito precisa. A ressonância do coração é particularmente útil em algumas doenças, como por exemplo nas doenças congénitas do coração, nas doenças do pericárdio, na displasia ventricular, nas doenças das válvulas do coração, na doença cardíaca isquémica, entre outras.


CARDIOLOGIA DE INTERVENÇÃO E CIRURGIA CARDIOTORÁCICA:
MELHORES RESULTADOS E MAIOR SEGURANÇA

O advento da cardiologia de intervenção, onde se incluem os cateterismos - como as angioplastias ou as implantações percutâneas de válvulas cardíacas, a par da cirurgia cardíaca minimamente invasiva, transformaram em poucos os anos o percurso de vida dos doentes cardíacos, com resultados brilhantes ao nível da sua sobrevida, mas também do seu bem-estar.
O HPM apostou de forma muito forte em recursos humanos de excelente diferenciação, mas também em equipamentos inovadores para o tratamento das doenças cardíacas, nomeadamente no investimento de um laboratório de hemodinâmica – onde se realizam as técnicas da cardiologia de intervenção - e numa sala operatória híbrida, preparada para realizar qualquer cirurgia cardíaca.
O tratamento de eleição do Enfarte Agudo do Miocárdio, pela sua eficácia e segurança, consiste na reperfusão mecânica da artéria ocluída através da angioplastia. Nesta técnica, introduz-se um pequeno cateter (tubo) de 2 mm de diâmetro, sob anestesia local pela artéria do pulso ou da região inguinal, através do qual um produto de contraste é injetado, com supervisão radiológica, a fim de detetar o local da obstrução das artérias coronárias. Uma vez detetado o local da obstrução, um fio guia é introduzido na artéria de forma a perfurar o local do coágulo sendo colocado distalmente à obstrução. Através deste fio posteriormente são introduzidos um balão que esmaga o coágulo obstrutivo e, finalmente uma anilha metálica denominada stent, que vão assim permitir repor a circulação coronária.
Até ao recente desenvolvimento da Implantação Percutânea das Válvulas Aórticas por catéter (técnica conhecida por TAVI, do inglês Thranscatheter Aortic Valve Implantation), o tratamento da Estenose Aórtica consistia numa abordagem cirúrgica, com a substituição da válvula doente por uma prótese mecânica ou biológica, numa cirurgia de peito aberto. Esta abordagem nem sempre era possível pela gravidade da situação clínica ou pelo risco operatório inerente. As TAVI vêm oferecer mais esperança para estes doentes, além de serem tecnicamente mais seguras e permitirem uma recuperação substancialmente mais rápida, aliada a um impacto muito favorável na qualidade de vida. A implantação percutânea da válvula faz-se geralmente através de uma pequena incisão de poucos milímetros na virilha aplicada sobre um stent metálico.
Muitas das técnicas utilizadas atualmente na Cirurgia Cardíaca, são Minimamente Invasivas. Ao contrário da cirurgia convencional que envolve a realização de procedimentos cirúrgicos, a cirurgia minimamente invasiva utiliza pequenos orifícios com a ajuda de instrumentos e técnicas vídeo-endoscópicas. A utilização de pequenos orifícios, em vez do recurso a extensas feridas cirúrgicas, oferece melhor resultado cosmético, menor dor pós-operatória e menor morbilidade associada, levando à diminuição do tempo de convalescença e internamento.


AS INTERVENÇÕES QUE MIMAM O SEU CORAÇÃO

A prevenção e o rastreio são os melhores amigos da saúde do seu coração e antes de falar deles, queremos alertá-lo para os fatores de risco.
Há fatores de risco que não podem ser modificáveis, como a hereditariedade, o sexo ou a idade, mas felizmente a maioria é alterável, estando ao alcance de todos.
Os principais fatores de risco cardiovascular, relacionados com estilos de vida e sobre os quais a prevenção pode atuar são:
•  Sedentarismo
•  Hipertensão
•  Tabagismo
•  Stress
•  Obesidade
•  Diabetes
•  Dislipidemia

 

CUIDE DO SEU CORAÇÃO

Faça rastreios, pois são determinantes para monitorizar o risco de vir a contrair uma doença cardiovascular ou o seu agravamento.
Meça a pressão arterial regularmente. No caso de adultos saudáveis, recomenda-se a medição da pressão arterial, pelo menos uma vez por ano. A população obesa, diabética, fumadora ou com antecedentes familiares de doença cardiovascular, deve obedecer a um controlo mais frequente e de acordo com as indicações médicas.
Pratique atividade física moderada. A prática de uma atividade física regular (150 minutos por semana) consegue, em muitas situações diminuir de forma significativa os níveis da tensão arterial. Opte por exercícios que envolvam movimentos cíclicos (como a natação, a marcha, a corrida ou a dança) e evite atividades ou esforços bruscos (por exemplo, levantar pesos ou empurrar objetos pesados), pois aumentam a pressão arterial durante o esforço.
Coma de forma saudável e evite o sal. Aprenda a substituir o sal por condimentos alternativos como ervas aromáticas ou sumo de limão. Evite também todos os alimentos naturalmente salgados ou aos quais tenha sido adicionado sal durante a sua preparação (enchidos, enlatados, comidas pré-preparadas, aperitivos ou águas minerais com gás). Restrinja o consumo das bebidas alcoólicas e, caso sofra de excesso de peso, procure reduzi-lo através de uma dieta moderada.


Em março deste ano a cirurgia cardíaca do HPM realizou uma intervenção de elevada complexidade: a reparação das válvulas mitral e tricúspide com o encerramento do apêndice auricular esquerdo.